NFe.io Blog
NFe.io Blog

Automatizando a Emissão de Notas Fiscais da sua empresa você economiza horas do financeiro da sua empresa através de uma plataforma simples e inteligente.

Maio 2018
S T Q Q S S D
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Categorias


NFe.io Blog

Descubra a eficiência de sua empresa com as métricas SaaS

As métricas SaaS são os principais indicativos de que suas estratégias estão surtindo o esperado ou necessitam de ajustes.

Gabriel MarquezGabriel Marquez

Empresas SaaS estão mais populares, hoje em dia, e muito disso se deve à agilidade e conveniência proporcionadas pela internet. Com a possibilidade de tocar um negócio 100% on-line, fica mais fácil gerir a empresa e planejar as suas estratégias.

Mas, como em todo bom empreendimento, é fundamental analisar como anda o desenvolvimento da empresa, para que ajustes — se necessário — sejam realizados. Para isso, é fundamental se informar a respeito das métricas SaaS.

Quer saber o que são essas métricas SaaS e por que você deve mantê-las sempre ao alcance de sua atenção? Neste artigo, explicamos tudo para você. Confira!

Veja também: 6 dicas para aprender como vender software pela internet

O que são as empresas SaaS?

Em geral, são empresas que oferecem seus serviços e softwares na nuvem, dispensando — sempre — a necessidade de instalação do programa. Dessa maneira, o consumidor acessa a plataforma on-line e trabalha diretamente nela.

Entre as vantagens de seu uso estão:

Isso tudo fica ainda mais interessante quando se percebe a relevância em acompanhar os resultados de sua empresa após a contratação desse tipo de serviço.

Por isso, reunimos as principais métricas SaaS que você deve conferir constantemente para otimizar as suas estratégias.

Índice de cancelamento (Churn Rate)

Excelente métrica para avaliar a quantidade de clientes que suspenderam as suas contas, reduzindo a sua base.

Para calcular a Churn Rate, estabeleça um período (como 30 dias) e divida o número de cancelamentos pelo total de clientes ainda ativos. Com o resultado, você pode ver se é necessário trabalhar em ações para reter os seus consumidores e, assim, diminuir o índice de cancelamento no próximo período.

Ticket médio

O ticket médio se trata de uma das mais relevantes métricas SaaS, pois compila o gasto médio de compras dos seus clientes.

Isso ajuda a avaliar, com precisão, o interesse dos clientes em seus serviços e produtos, o que garante uma análise assertiva sobre o que promover de melhorias para aumentar essa média.

Para calcular o ticket médio, você deve dividir o total de vendas em um período pré-estabelecido (30 dias, por exemplo) e dividi-lo pelo número de compras que geraram esse total.

Valor do tempo de vida do cliente (LTV)

Uma das métricas SaaS mais interessantes, o LTV ajuda a mensurar o potencial de compra que cada cliente possui em sua empresa.

Para isso, deve-se avaliar o seu ticket médio e multiplicar pelo período em que ele ficou ativo. Esse valor pode ser considerado, de certa forma, o nível de satisfação do consumidor — e por quanto tempo ele se manteve. Afinal, quanto mais tempo um cliente se mantém na sua empresa, mais satisfeito ele está com ela.

Sem falar na possibilidade de observar quanto você investe para atrair mais clientes — e se compensa esse gasto pelo valor que eles consomem em média.

Assim, ao verificar o valor que um cliente “vale” para sua empresa, você poderá saber o limite máximo a investir para conquistar um novo cliente. Veja mais detalhes no próximo tópico.

Custo de aquisição de cliente (CAC)

Por falar no investimento para atrair novos clientes até a sua base, a análise CAC (Custo de Aquisição de Cliente) se mostra uma das mais providenciais métricas SaaS, pois expõe exatamente o custo de adquirir cada cliente.

O cálculo é bem simples: some os investimentos em vendas e em marketing, no último mês, e divida pelo número de clientes conquistados no período.

Assim, você tem o valor gasto para adquirir um novo cliente. Algo que ajuda a observar a necessidade de reduzir os custos, sem perder a qualidade no processo, e também avaliar se vale mesmo a pena focar em atrair novos clientes da maneira como a empresa faz hoje, ou se você deve pensar em novas maneiras e também em reter os já fidelizados — algo comprovadamente mais barato.

Receita mensal recorrente (MRR)

Para saber a quantas anda o seu negócio, mês após mês, a receita mensal recorrente permite que você analise o valor aumentado em seus recebimentos ou perdido, no período em análise.

O MRR (Monthly Recurring Revenue, em inglês) nada mais é que a receita que um SaaS recebe todo mês em decorrência dos pagamentos das assinaturas de seus softwares pelos clientes.

Para calculá-lo: subtraia o número de cancelamentos pelo número de clientes ativos e, em seguida, multiplique pelo valor de sua mensalidade.

Isso dá a você uma perspectiva importante para se atentar ao valor mínimo que sua empresa deve acumular para não ficar no vermelho, ao final do mês.

Confira também: Você sabe como criar um clube de assinaturas?

Na hora em que as métricas SaaS do seu negócio estiverem bombando, você acha que você e sua equipe vão ter tempo para emitir notas fiscais?

Use um gerenciador de notas ficais, como o NFe.io, e aumente sua produtividade e o tempo dedicado ao se negócio.

Além de oferecer um desconto para a certificação digital, o sistema já calcula o imposto a pagar, está sempre conectado com as prefeituras, emite os arquivos XML e PDF para envio por e-mail e a plataforma é toda baseada em API, facilitando a integração com outros softwares.

Confira mais detalhes: Gerenciador de nota fiscal eletrônica: conheça o NFe.io

Empreendedor e Fundador da NFe.io e outras startups. Focado em ajudar empreendedores a escalar seus negócios. Interessado? Marque um papo!

Comentários 0
Faça o primeiro comentário! :)